Exclusivo

Fisga

Portugueses gastaram 3,4 mil milhões de euros em jogos e apostas em 2021

Os jogos e as apostas são uma questão cultural, mas também estão na moda. Num momento em que o online ganha popularidade, faltam estudos para medir o problema

Cristiano Salgado

Uma raspadinha com o café, uma aposta na equipa favorita, uma noite no casino. Em 2021, os portugueses gastaram mais de €3,4 mil milhões em jogos e apostas. E “a tendência é para crescer, não só em Portugal mas em todo o lado”, explica o psicólogo Pedro Hubert. “Tem crescido imenso a quantidade e a oferta do jogo porque há procura.”

Na Europa, não somos os maiores jogadores. Num mercado estimado em €87,2 mil milhões no ano passado, os lugares cimeiros estão, segundo a European Gaming and Betting Association, reservados para o Reino Unido, Itália, Alemanha e França (todos com receitas brutas anuais superiores aos €10 mil milhões).

Fisga