Exclusivo

Economia

Media Capital arruma a casa, mas já distribuiu dividendos

Mário Ferreira tornou-se o maior acionista da empresa de media em maio de 2020 e foi buscar um conjunto de sócios portugueses. Mas já houve saídas
A nova administração, liderada por Mário Ferreira, tomou posse a 24 de novembro de 2020
TIAGO MIRANDA

A venda do negócio das rádios ao ­Bauer Media Group foi uma das principais medidas tomadas pelos novos donos da Media Capital desde que, há dois anos, se começou a formar um núcleo acionista composto por várias empresas portuguesas de áreas como o turismo, a indústria ou o imobiliário.

Foi uma operação que permitiu um encaixe de €69,6 milhões e uma mais-valia estimada em cerca de €50 milhões. A venda foi justificada com o argumento de que as rádios eram um negócio “maduro dentro do universo da Media Capital” e que assim o grupo vai poder “acelerar o desenvolvimento das áreas de produção audiovisual e digital”, jogando assim todas as fichas no negócio da televisão, com a TVI.

Economia