Política

Costa está de férias e falha tomada de posse de Gouveia e Melo

O primeiro-ministro está de férias na próxima semana e por isso não vai estar presente na tomada posse do almirante Gouveia e Melo como chefe do Estado-Maior da Armada

PEDRO NUNES

António Costa vai estar ausente da tomada de posse do almirante Gouveia e Melo como chefe do Estado Maior da Armada. Em declarações à CNN, o primeiro-ministro confirmou que não vai estar presente por se encontrar de férias na próxima semana.

Para Costa, a substituição do almirante Mendes Calado por Gouveia e Melo foi uma decisão que fez sentido para o Governo e foi apoiada pelo Presidente da República, sobretudo num momento em que estão para ser aprovadas “novas leis orgânicas" a nível militar. “Era a altura para fazer esta alteração”, sublinhou, recordando ainda que já “havia um entendimento de uma saída antes do fim do termo do mandato.”

Garantido ter tentado, o primeiro-ministro revelou que “não foi possível falar ao telefone” com o chefe do Estado Maior da Armada cessante. “Desejo as maiores felicidades e gostaria de lhe dizer que estamos muito agradecidos pelo trabalho.”

Questionado sobre a evolução da pandemia em Portugal, António Costa disse ainda não ter visto os números relativos a esta sexta-feira mas insistiu na importância da testagem. “É fundamental”, defendeu, referindo também a importância da vacinação e recorrendo aos números que apresentou na passada terça-feira, quando anunciou as novas medidas de restrição.

“A faixa etária em que está a crescer menos é nos com mais de 65 anos”, que já receberam a dose de reforço. “Eu ainda hoje recebi a mensagem a informar que tenho a minha agendada para a próxima segunda-feira”, acrescentou.

Política