Internacional

Caso Alec Baldwin: passatempo com armas reais pode explicar disparo fatal, revela fonte da CNN

As armas, carregadas com munições reais, foram usadas num jogo feito com frequência para ocupar os tempos livres entre filmagens: atirar a latas de cerveja em descampados

Halyna Hutchins foi vítima mortal do tiro nas filmagens de 'Rust', em que o ator Alec Baldwin não foi informado pelo assistente de que a arma estava carregada
KEVIN MOHATT

26-10-2021

Horas antes de Alec Baldwin ter disparado sobre Halyna Hutchins, provocando a morte da diretora de fotografia no cenário de rodagem do filme “Rust”, elementos da equipa de filmagens usaram armas com munições reais, entretendo-se com um passatempo conhecido por plinking. A informação foi adiantada à CNN pela jornalista e CEO do site de notícias de entretenimento The Wrap.

Sharon Waxman, que fez as declarações na noite de segunda-feira no programa televisivo do jornalista Don Lemon, citou fonte próxima da equipa de rodagem e acrescentou que foi uma das armas usadas no jogo a ser posteriormente entregue ao ator.

Segundo Waxman explicou, o passatempo em questão é frequente quando há pausas entre filmagens. Os membros da equipa deslocam-se para áreas desabitadas, disparando conta latas de cerveja com munições verdadeiras.

A informação não foi confirmada pelos produtores, que, questionados pelo The Wrap, remeteram para o comunicado anteriormente enviado para os órgãos de comunicação social: “A segurança do nosso elenco e equipa é a principal prioridade da Rust Productions e de todos os associados à empresa. Embora não tenhamos sido informados de nenhuma reclamação oficial relativa à segurança no cenário do filme, faremos uma revisão interna dos nossos procedimentos enquanto a produção estiver encerrada. Continuaremos a cooperar com as autoridades de Santa Fé na sua investigação e a disponibilizar apoio psicológico para o elenco e a equipa durante este período trágico”.

Quanto a David Halls, o assistente de direção que entregou a arma a Alec Baldwin, alegando estar descarregada, vieram a público várias queixas anteriores pelo seu alegado comportamento irresponsável em matéria de segurança. Um dos casos remonta a 2019, quando Halls acabou por ser despedido das filmagens de “Freedom's Path”, depois de um membro da equipa sofrer ferimentos ligeiros provocados pelo disparo acidental de uma arma.

Segundo a Associated Press, que cita dados da investigação, o acidente ocorrido na quinta-feira no Rancho Bonanza Creek, em Santa Fé, Novo México, aconteceu quando a equipa de filmagem se preparava para ensaiar uma cena e Dave Halls foi buscar uma arma de adereço que deu a Alec Baldwin. Gritou na altura a expressão "cold gun", sinónimo de estar a entregar uma arma não carregada com munições verdadeiras.

No carrinho de adereços estavam três armas, apuraram os investigadores, que não sabem ainda quantos cartuchos foram disparados.

Além da vítima mortal, o disparo efetuado por Baldwin atingiu ainda o realizador Joel Souza, que ficou ferido no ombro.

Várias notícias referem também que já tinham ocorrido pelo menos dois disparos acidentais durante a rodagem de “Rust”, a 16 de outubro. Ninguém ficou ferido nessa ocasião.