Economia

Penha Longa quer investir 35 milhões em nova unidade hoteleira em Cascais

02-06-2020

Novo projeto na Quinta da Penha Longa terá 348 camas
D.R.

Projeto promovido por empresa controlada pelos grupos Carlyle e Explorer Investments prevê o reforço da oferta de luxo com 348 camas e a criação de 200 postos de trabalho permanentes

A Caesar Park Hotel Portugal, dona do Penha Longa Resort, pretende investir 35 milhões de euros numa nova unidade hoteleira de cinco estrelas na Quinta da Penha Longa, em Cascais, que terá 150 apartamentos.

O estudo de impacto ambiental do projeto acaba de entrar em consulta pública, processo que decorrerá até 13 de julho, para avaliar a conformidade do projeto com as regras ambientais. Na página da consulta pública pode ler-se que o projeto se encontra em área qualificada como sensível.

Este "aparthotel" terá 150 unidades de alojamento (74 quartos de hotel e 76 apartamentos), com um total de 348 camas, distribuídas por unidades das tipologias T0, T1 e T2.

O Penha Longa Resort estima que a construção irá durar 26 meses e empregará 200 trabalhadores. Durante a exploração haverá também 200 postos de trabalho permanentes e 350 em períodos de pico de procura.

O Penha Longa Resort é detido desde o final de 2018 pelo grupo Carlyle e por um fundo gerido pela portuguesa Explorer Investments. Esta unidade hoteleira de luxo é explorada pela Ritz-Carlton, do grupo Marriott.